27 de mai de 2011

"confissões de adolescente - Agora é duvida"

Tudo que era pra ser certeza agora é duvida...
Tudo que iria acontecer naturalmente, agora sera evitado...
Todos aqueles degraus que foram nos elevando, agora so fazem eu voltar pelo mesmo caminho procurando onde foi que eu errei, em qual momento eu errei, no que eu não acertei???
Talvez nem eu tenha a certeza que ele buscava ter, então pra que ficar lembrando se no fundo quem tem duvidas agora sou eu!
É parece que eu tenho um problema... como vai ser até essa duvida acabar, ou como sera quando acabar tudo depois de desvendar a duvida???

Significado de saudade?

....uma presença inconstante daquilo que nao quer ir embora....
....daquela sensação que se respirarmos fundo vamos sentir o cheiro daquela pessoa que faz sentirmos essa dor....
....essa dor que doe sem doer e se espalha pelo corpo....mas deixa intacto o pensamento.....
....o pensamento por sua vez, faz voltar cada momento...cada beijo...cada toque...
....tão forte e tornando tudo tao real que se fecharmos os olhos conseguimos ver com tanta clareza aquela pessoa que quase a tocamos....
....e as vezes quando a saudade é tao imensa, até o silencio me consola....porque no silencio consigo ouvir as batidas do meu coração e consigo escutar esse amor louco e desenfreado que pulsa dentro de mim.....

por Letícia Tomé

Quase nada...

Compreendo tudo muito mais. dói e é incômodo. vontade de não saber perdoar, de não ser compreensivo, tolerante — de não me contentar com o pouco — “amor malfeito, depressa, fazer a barba e partir”. o domingo tá acabando — já é tarde — amanhã a gente começa de novo. eu me sinto às vezes tão frágil, queria me debruçar em alguém, em alguma coisa. alguma segurança. invento estorinhas para mim mesmo, o tempo todo, me conformo, me dou força. mas a sensação de estar sozinho não me larga. algumas paranóias, mas nada de grave. o que incomoda é esta fragilidade, essa aceitação, esse contentar-se com quase nada.