2 de ago de 2011

ܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔ

Mais uma tarde vaga a passar por mim ,nada mais do que eu não tenho suportado nesses longos dias de solidão...
A vida segue um ritmo que nem sempre é o que a gente quer que ela siga , o que fazer com os sonhos guardados na mochila e com a vontade de tira-los de lá pra fazerem valer em nossas vidas?? o que fazer com esses dias em que você só consegue enxergar a escuridão na sua própria escuridão...

☁ ☁ ☁

‎"Você me provoca, você me pertuba. Joga água e sai correndo. Atira a pedra e me acerta de raspão. Me espia no escuro e mostra a língua. Me xinga. Me atiça. Invade o meu sossego. Meu refúgio. Pisa no meu ninho com os sapatos sujos. Na minha toca. Sem saber o meu tamanho, até onde vai meu bote, você me provoca achando que não há perigo. Sem conhecer a força da minha mordida, o tamanho dos caninos. Você me provoca sem esperar a picada. Sem saber que ainda não inventaram antídoto pro meu tipo de veneno…”