5 de out de 2011

"Cartas não entregues - Só alguém que me dê o valor merecido "

Eu quero alguém que se interesse pelas coisas que eu conto, nem que seja coisas do trabalho, das minhas amigas, ou até mesmo as decepções passadas, de um velho amor…
Alguém que sinta ciúme de mim, mas não em exesso, que fiquei doido de ciúme, e faça com que eu peça com uma voz de bebê para ele parar, e se isso não adiantar, fico nervosa, e ele me enche de carinho, e diz que eu fico linda quando tô nervosa.
Alguém que vai fazer com que eu dê tapas de raiva nele, e ainda vai dizer que eu não sou de nada, e com isso, vai fazer com que eu bata ainda mais forte, até que ele segure minhas mãos, me beije e diga que me ama...
Alguém que vai fazer com que eu me sinta única. Alguém que vai fazer com que eu me sinta bem por saber que faço alguém feliz. O mesmo, que vai dizer: o que que eu não faço por ti, né? E vai fazer eu rir que nem uma boba. Alguém que vai dizer que ama ouvir a minha risada. Vai se interessar pelo meu dia. E vai apenas, me dar um abraço quando eu estiver mal, sabendo que palavra alguma vai fazer com que eu me sinta bem. Alguém que mande sms de bom dia, boa noite, ou um simples “eu te amo” no meio da tarde. Eu quero alguém que vá gostar de mim com a mesma intencidade que eu corresponder. Só alguém que me dê o valor merecido, só.

* Tati Bernardi *

"À propósito, te agradeço.
Não por ter me magoado e ido embora como se nada tivesse acontecido.
Mas por ter me ensinado a ser mais forte.
E menos tola."