10 de jul de 2011

ܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢܜܔܔܢ

De vez em quando a gente tem que reconhecer que o mundo fica chato.
Que as coisas ficam sem graça...Que fica tudo um saco mesmo.
Porque a gente cresce o tempo inteiro com essa história
de que os melhores estão sempre alegres e não se abalam
com as adversidades da vida. Resignam-se, suportam tudo.
Que as pessoas admiráveis não choram e não sofrem de melancolia.
“Você é forte!” eles dizem. “Mas olha, como ela é guerreira!”.
Todos querem ser de rocha, mas até os guerreiros surtam um dia.
E que se foda. Que a gente se permita surtar, para então não enlouquecer.


Pitty

O encontro - por Marla de Queiroz

Quando você vier haverá o encontro
da sua busca com a minha espera.
E o seu abraço será a moldura do meu corpo.
E a minha boca o pretexto
para o seu mais demorado beijo.
E a gente vai brincar de se desmaterializar
dentro da música, de desatar auroras.
E eu vou inventar uma madrugada eterna
pra quando você tiver que ir embora no dia seguinte.
E você vai inventar um domingo que vai durar pra
sempre porque tenho preguiça das segundas-feiras.
E a gente vai rir dessa maldade da demora do tempo
pra fazer essa brincadeira de desencontro:
Quase nos deixou descrentes...
A gente vai rir dessa maldade porque o nosso amor
será a coisa mais bonitinha do mundo...