18 de ago de 2011

- Augusto Branco -

Eu acredito em amores eternos,
daqueles que acompanham a gente pela vida inteira,
como se tempo e amor se fundissem num só elemento,
tornando-se imutáveis, indestrutíveis.

Eu acredito em amores eternos,
daqueles que vão com você para qualquer lugar,
não importando o quão distante você esteja,
por que a pessoa amada reside em seu próprio coração.

Acredito em amores eternos e sublimes,
capazes de reconsiderar tudo,
com suavidade, ternura e perdão.

Acredito, sim, em amores para toda a vida,
e além da vida,
pois seria um tipo de amor unido à própria alma,
e sem alma a vida não tem razão...

Amores eternos existem sim,
e superam qualquer coisa,
mesmo quando ninguém mais acredita neles,
eles continuam sempre à espreita,
esperando apenas um olhar,
um retorno,
uma reconciliação.

- Fernando Pessoa -

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário. Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas. Se achar que precisa voltar, volte! Se perceber que precisa seguir, siga! Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca! Se o achar, segure-o!

☁ ☁ ☁

Você pensa que nunca vai esquecer, e esquece.
Você pensa que essa dor nunca
vai passar, mas passa.
Você pensa que tudo é eterno, mas não é.

* Tati Bernardi *

‎'Estou na estação há tanto tempo.
E sempre tem gente chegando e indo.
Em alguns momentos
fica o equilíbrio terrível de nunca ir.
Fica a dor terrível de todo mundo que foi.
Fica a ansiedade terrível
de todo mundo que tem pra chegar.'